Para o Casal!
A qualidade da vida em família depende do que é falado no lar!
PRÓXIMOS EVENTOS

De 1 a 3 de Dezembro
Retiro de Casais da Igreja Presbiteriana de CARAMB...

Temas abordados

Abaixo colocamos um resumo dos principais temas que trabalhamos em nossos encontros.

Conheça um pouco mais de nosso trabalho.

1. A FAMÍLIA NAS MÃOS DE DEUS!
Um bom casamento não é apenas um contrato entre duas pessoas, mas sim uma aliança sagrada entre três – DEUS, a esposa e o marido. Se não nos dedicarmos a dar honra a Deus, não há muito que possamos fazer para resistir à crescente degradação e destruição dos laços conjugais nos dias de hoje.
Sabemos hoje que não só é possível pedir e receber a promessa de Deus como casal, mas se trata também de uma responsabilidade e um privilégio que nos foram dados pelo Senhor. Orar como casal é um dos grandes privilégios e dons do casamento. Todavia, este dom, nem sempre é praticado pelos casais.
Amados irmãos, o casamento feliz é feito por aqueles que acreditam na possibilidade de mudanças. Qualquer casamento pode ser modificado e melhorado se houver vontade de mudar e melhorar. O casamento feliz é como um vaso onde está plantada uma bela muda de flor. Alguns casamentos são como um vaso vazio. Outros tem apenas um torrão duro de barro dentro dele. Outros ainda tem uma plantinha mirradinha, murcha, ou até seca.Talvez já acontecido que o teu casamento (vaso) tenha levado um tombo. Se tenha espatifado, quebrado. E, agora é a hora de juntar os cacos e colar tudo novamente. Claro que não vai ficar como um vaso novo. As marcas vão ficar. A planta precisa ser replantada. Os cuidados são iguais a do início do casamento. Precisamos cuidar, molhar, arrancar o inço, afofar a terra, cuidar da localização do vaso e tantas outras coisas mais. E, Deus está hoje dando a cada um de nós uma nova oportunidade de recomeçarmos o nosso casamento. E Deus não pode simplesmente ser deixado de fora deste processo, pois sem Ele nosso casamento (planta) não vai voltar a sorrir, florescer e alegrar a vida a dois. Colocar-se nas mãos de DEUS exige de nós como casal, um envolvimento sério com Jesus, que ilumina nossa vida, nossa casa, nosso casamento e isto é básico para tornar o nosso casamento numa caminhada que vale a pena.


2. A ÁGUA DA VIDA PARA A SUA FAMÍLIA!
O tema deste nosso novo Retiro para Casais é: A ÁGUA DA VIDA PARA A SUA FAMÍLIA. Do manancial da vida que vem de Deus, podemos receber diariamente ânimo para enfrentar a luta da existência. Também podemos receber amor, paciência, alegria, bondade e fé. Deus quer, já aqui e agora, que todos os seres humanos tenham vida plena e abundante. Que todas as famílias sejam muito felizes. Por isso esta fonte jorra, assegurando-nos rios de água viva. Jesus Cristo disse: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância.” (Jo 10.10)
A água da vida, traz consigo tudo quanto precisamos para tornar nossa existência rica, transbordante e abençoada, corre para todos! Mas nem todas as famílias alcançam as bênçãos que essa água oferece. A fonte nunca seca e tem poder de saciar a todos os que tem sede. Acontece porém, que muitas pessoas se colocam numa posição que não permite que sua jarra se encha de água. Ocupam uma posição errada perante Deus!
Deus quer famílias cristãs felizes. Mas então por que nem todas são? Certamente por fazerem como os vasos, não se colocam na posição certa para receberem água e dela transbordarem.
Venha, participe, descubra o posicionamento correto para receber a água da vida e dela transbordar.


3. A FAMÍLIA COMO TEMPERO DO MUNDO!
“A FAMÍLIA COMO TEMPERO DO MUNDO”. Jesus diz em Mateus 5.13 : "Vós sois o sal da terra; ora, se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor? Para nada mais presta senão para, lançado fora, ser pisado pelos homens." Sintam a profundeza da declaração de Jesus ao dizer que somos o sal da terra. Ele não disse que nos tornaríamos mas sim que somos o sal da terra. Sua afirmação é categórica e a nossa responsabilidade está aí: SOMOS SAL. Esta não é uma missão, nem uma tarefa, mas sim é responsabilidade nossa. Quer dizer, menos palavras e mais ação. Viver o evangelho e não apenas falar dele. Onde isto começa? Começa comigo mesmo, em nosso lar.
Venham reaprender a ser uma pitada de Deus neste mundo em que vivemos, o verdadeiro tempero da graça de Deus neste mundo. O mundo esta precisando cada vez mais, ter famílias verdadeiramente cristãs e que vivam o Cristo no seu dia a dia. Que a família de cada um de nós seja uma família tempero do mundo, assim como Jesus quer. AMÉM!


4. A FAMÍLIA EM BUSCA DA DRACMA PERDIDA!
Ao lermos o texto sugerido para este nosso encontro, escrito em Lucas 15. 8-10 parece-nos que ele nada tem a ver com família e nem tem recado algum para ela. Será?
Jesus, neste texto, usa a figura de uma mulher que, tendo dez moedas, perde uma dentro de casa e, então, passa a procura-la, varrendo, tirando os móveis do lugar, mexendo em tudo e em toda a casa em busca dela. Só pára quando a encontra. E ao encontrá-la faz uma grande festa.
Ora, esta figura se encaixa muito bem com a realidade de muitos de nossos lares, onde valores desaparecem e a perda deles tem causado estragos enormes. E, exatamente por não terem tido a presença e comunhão com Deus, não conheceram a parábola da Dracma Perdida e bem por isso não aprenderam o grande ensinamento que a mulher nos deixa: Acender a candeia, procurar incansavelmente a dracma perdida. Este é nosso desafio para um fim de semana: Aprender com a mulher da parábola a não se acomodar, não desistir de varrer, varrer até encontrar nossas dracmas perdidas. Queremos A FAMÍLIA EM BUSCA DA DRACMA PERDIDA.


5. A PREVISÃO DO TEMPO PARA O TEU CASAMENTO!
Este Retiro de Casais tem por tema a Previsão do tempo para o teu Casamento. É que todos, ou pelo menos a maioria de nossos casamentos passam pelas quatro estações conjugais. Quer dizer que a maioria dos casamentos atravessam primaveras, verões, outonos e invernos. Alguns não agüentam o frio do inverno e acabam. Outros acabam quando acaba a primavera. Alguns atravessam o outono e duram até o verão. Independente de como cada um de nós reage em relação a cada estação, o certo é que ninguém está livre de passar por essas quatro estações conjugais. Por isso é muito importante saber identificar os sinais e a presença de cada uma das estações, a fim de que se saiba como melhor atravessar cada uma delas, pois só quem compreende as estações do ano pode aproveitar as oportunidades de cada época e se proteger contra as intempéries. Só que aprendeu a confiar em Deus pode atravessar as diversas fases do casamento sem ser derrotado pelas inevitáveis tempestades ou secas ao longo da jornada, pois está escrito: "TUDO TEM SEU TEMPO DETERMINADO, E HÁ TEMPO PARA TODO PROPÓSITO DEBAIXO DO CÉU." Ec 3.1


6. APRENDENDO A VIVER SEM MÁSCARAS!
Todos sabemos que cada dia que passa mais e mais precisamos nos esforçar para melhorar nosso relacionamento. Muitas vezes experimentamos um grande fracasso e então, nos perguntamos: “Onde eu falhei?” “O que eu poderia ter feito e não fiz?” “Porque demorei tanto em descobrir minhas próprias falhas?”
É, muitas vezes nos esforçamos, nos esforçamos, mas não conseguimos melhorar nossa vida conjugal e familiar. Mas onde está o erro?
Se formos sinceros, temos que admitir que para solucionar estas sensações incômodas usamos máscaras, na tentativa de nos proteger ou para ganhar alguns pontos para o nosso ego. Escondemos os nossos verdadeiros sentimentos com medo de que se as pessoas soubessem quem verdadeiramente somos não gostariam mais de nós, nos rejeitariam. Bem como Adão e Eva fizeram em Gn 3.9-10, tiveram medo. Tantos e tantos anos se passaram e a história se repete. Não queremos ficar expostos. Sempre tentamos cobrir o que nos causa rejeição. Então, usamos máscara. Deus não quer que vivamos com medos. Gn 15.1. O casamento é o que restou do paraíso. Deveria ser então o lugar onde poderíamos tirar nossas máscaras, expor nossas limitações e fraquezas e ainda sermos ajudados e encorajados a vencer as dificuldades. Mas será que eu posso realmente me mostrar? Remover todas as máscaras, me expor?
Venha participar e juntos descobrir que ter um lar feliz, fazer parte de uma família feliz é possível sim!


7. E A FAMÍLIA, COMO VAI?
Mais uma vez queremos questionar a família. Estamos perguntando: E A FAMÍLIA, COMO VAI? Precisamos meditar, pensar, analisar para descobrir como realmente está a família de cada um de nós.
Temos o costume de, a cada encontro com alguém, seja conhecido ou não, lhe perguntar como vai. A resposta normalmente é bem curta e rápida: Tudo bem!
Mas será que realmente tudo está bem? Será que muitas vezes não estamos apenas respondendo por responder? Será que muitas vezes não estamos escondendo a triste realidade em que nossa família se encontra? Brigas entre o casal, brigas com os filhos, brigas com os vizinhos. Aquilo que Deus criou para ser um pedaço do paraíso aqui na terra está se tornando um inferno.
O que fazer? Como agir? Qual a minha parcela de culpa em tudo isto? Que providências tomar? Tem solução?
A bíblia, a Palavra de Deus, tem a orientação segura e correta. O ponto de referência é o texto que encontramos no livro de II Reis 4. 8-27.


8. EU E A MINHA CASA SERVIREMOS AO SENHOR!
O tema é extraído do texto bíblico de Js 24.15. Ao lermos o capítulo 24, constatamos que após uma exposição de situações e fatos vividos pelo povo de Israel, vem o desafio de Josué para a Renovação da Aliança. Nós queremos nesta ocasião também confrontar os casais participantes a fazerem a sua opção. A quem serviremos?
Assim como os líderes antigos do povo de Deus decidiram liderar suas famílias afim de receberem as bênçãos abundantes do Senhor, também nós precisamos decidir, em nossos corações, a fazermos o mesmo, renovando nossa Aliança com Deus e com nosso cônjuge.
Como? Quando? Por que? São perguntas que obterão resposta durante o desenvolver deste Retiro para Casais.
Este Retiro precisa começar numa sexta-feira a noite e se estenderá até domingo a tarde.


9. RAPOSINHAS QUE DESTROEM O CASAMENTO!
Salomão ao escrever Cantares, estava querendo mostrar que os problemas que chegam ao casamento não vêm carregando uma faixa com os dizeres: "CUIDADO, PROBLEMAS À VISTA". Na maioria das vezes as coisas começam a mudar de uma maneira muito sutil, quase imperceptível. Por isso a Palavra de Deus nos exorta a perseguir as raposinhas: "APANHAI-ME AS RAPOSAS, AS RAPOSINHAS, QUE DEVASTAM OS VINHEDOS, PORQUE AS NOSSAS VINHAS ESTÃO EM FLOR." Ct 2.15.
É responsabilidade de cada um de nós apanhar as raposinhas. Leia a Bíblia, medite diariamente na Palavra de Deus, ore sem cessar.
Este Retiro tem por objetivo despertar em cada casal o desejo de se tornar um exímio caçador de raposinhas, para tornar seu relacionamento conjugal e familiar exatamente como Deus que o institui, o quer ver funcionando.


10. UM NOVO CORAÇÃO
Durante os próximos dias iremos colocar um resumo do que é tratado neste Retiro de Casais.


11. FAMÍLIA E IGREJA
Dentre as instituições sociais, a família e a igreja podem ser consideradas indispensáveis dentro da conjuntura social.
Ser membro de uma família e ser membro da Igreja de Cristo é algo que deve ser profundamente valorizado e levado a sério. Família e Igreja estão intimamente relacionadas. È impossível separar a família da Igreja ou esta daquela, sem trazer prejuízos a ambas.
Família e Igreja é o assunto deste Retiro de Casais. Como tem sido em sua experiência a relação Família-Igreja? À luz da Bíblia, como deve ser entendida e desenvolvida a integração Família-Igreja? É o que veremos neste encontro.
O problema é que hoje a Igreja tem sido concebida por muitas pessoas e famílias apenas como local a ser visitado semanalmente (às vezes), tornando-se algo muito distante da família. Alheias ao dia-a-dia da Igreja, suas dificuldades, propostas e desafios, muitas famílias valorizam apenas as comemorações e os sacramentos (Santa Ceia, Batismos, Casamentos, Enterros), como se a simples preocupação com esses ritos pudesse garantir a aprovação de Deus e as bênçãos para a família.
O descaso para com a Igreja revela descaso para com a família, pois, dispensar o que a Igreja tem a oferecer à família é uma atitude no mínimo irresponsável dos que a dirigem. O contrário também é verdadeiro: o descaso para com a família é a prova mais concreta do descaso para com a Igreja, podendo ser considerado até mesmo sintoma da negação da fé (I Tm 5.8).
Família e igreja são duas instituições coexistentes, inseparáveis e comprovadamente viáveis.


PARA O CASAL
Símbolo de Bodas: Para cada ano de casamento existe um símbolo. Você conhece o seu?
PARA AS MAMÃES
Mães Más! - O mundo está a precisar mais de mães más. Você é uma mãe má?
PARA O CASAL
Dicas para um casamento feliz: Não case para transformar seu cônjuge
PARA O CASAL
MARIDO e ESPOSA: Você não pode obrigar seu cônjuge a crescer, mas pode ser um gentil incentivador.



Claudio e Lorita Gernhardt
Rua Jacob Schneck, n?2, Centro, Ivoti - RS,
Fone: 0 xx 51 3563-1180 - Email: mfcfeliz@mfcfeliz.com.br
  
On this cold Budapest morning I got up as fresh as scarcely replica watches sale ever before, checked all my gear one last time - laptop, camera, chargers, lenses, flash, memory cards, batteries - and replica watches uk finally set off to have what I would call "my first watch exhibition experience." My destination was the 2013 SalonQP fine watch exhibition, held between the 7th and 9th of November, in the Saatchi Gallery in the fabulous city of London. Saying replica watches sale that I was excited would be a massive understatement. Although I was familiar with this annual event - we at aBlogtoWatch have covered it several times - the thought of seeing so many special watches "in the metal," at the same place, at the same time had me rolex replica uk counting down the days and weeks before the event started. Before we begin to discuss the highlights of replica watches sale the show, allow me to briefly describe SalonQP for those who have not had the replica watches sale pleasure of attending before.